20 ºC 26 ºC Rio de Janeiro
(21) 2542-2132 ouvinterj@band.com.br (21) 99623-6060
Ex-presidente da Eletronuclear obtém prisão domiciliar - Editoriais - Band News FM
Plantão

Justiça

Texto:
+
-

Ex-presidente da Eletronuclear obtém prisão domiciliar

Othon Silva foi condenado, em 1ª instância, a 43 anos de prisão

00:00 / 00:00

O Tribunal Regional Federal converte a prisão do ex-presidente da Eletronuclear Othon Silva, em prisão domiciliar. Ele foi condenado em 1ª instância a 43 anos de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosas nas obras da usina nuclear Angra 3.

A defesa de Othon alegou problemas de saúde do ex-presidente do órgão. Ele vai aguardar em casa o julgamento do recurso da sentença.

Segundo as investigações, Othon cobrou propina em contratos com as empreiteiras Engevix e Andrade Gutierrez para as obras da usina nuclear de Angra 3.

A sentença contra Othon e outras 12 pessoas que também foram condenadas foi dada em agosto do ano passado pelo juiz Marcelo Bretas, que julga os processos da Lava Jato no estado.

Por Marcus Sadok, às 11/10/2017 - 17:50

NEWSLETTER
OU