19 ºC 27 ºC Rio de Janeiro
(21) 2542-2132 ouvinterj@band.com.br (21) 99623-6060
Em 24 horas, quatro policiais são assassinados no Rio - Editoriais - Band News FM
Plantão

Polícia

Texto:
+
-

Em 24 horas, quatro policiais são assassinados no Rio

Já são 114 agentes de segurança assassinados no Estado somente neste ano

00:00 / 00:00

A cabo estava no carro com o marido, no momento em que 4 criminosos tentaram roubar o veículo. (Foto: Reprodução)

A família da policial militar morta durante uma tentativa de assalto em Coelho Neto, Zona Norte do Rio de Janeiro, quer que o Governo tome providências para evitar que o número de PMs mortos aumente. De acordo com levantamento da BandNews FM, já são 114 agentes de segurança assassinados no Estado somente neste ano. No período de 24 horas, o Rio atingiu a marca de quatro mortos.

A PM Elisângela Bessa Cordeiro estava acompanhada do marido quando foi baleada na cabeça na madrugada deste sábado (12). Ela chegou a ser encaminhada ao Hospital da Polícia Militar, mas não resistiu. Dois menores, suspeitos de terem participado do crime, foram detidos. O irmão de Elisângela, Alexandre Cordeiro, conta que ela fazia bicos em uma barraquinha de lanches para complementar a renda e que estava juntando dinheiro para comprar uma casa.

 "O Estado tem que fazer alguma coisa. Faça alguma coisa Governador, por favor, porque vão morrer mais pessoas do bem, de família. Minha irmã era uma policial exemplar. Ela trabalhava na folga, em barraquinha de batata, para não se arriscar e complementar a renda, porque ela pensava em comprar uma casa”, afirma Alexandre Cordeiro.

Também neste sábado (12), o policial militar Vaine Luiz dos Santos Ferreira, de 33 anos, lotado no batalhão da Maré foi morto em casa, em Nilópolis, na Baixada Fluminense, pelo cunhado, que é guarda municipal. Já pela tarde, foi enterrado o soldado da PM Samir da Silva Oliveira, morto na sexta-feira (11) durante abordagem no Méier. Neste domingo (13), vai ser enterrado o policial civil Bruno Guimarães Buhler, atingido durante uma operação na comunidade do Jacarezinho.

Por Luiza Muttoni, às 12/08/2017 - 17:04

NEWSLETTER
OU