24 ºC 32 ºC Rio de Janeiro
(21) 2542-2132 ouvinterj@band.com.br (21) 99623-6060
Anthony Garotinho é preso por agentes da Polícia Federal - Editoriais - Band News FM
Plantão

Polícia

Texto:
+
-

Anthony Garotinho é preso por agentes da Polícia Federal

O ex-governador apresentava seu programa no rádio

00:00 / 00:00

Ele estava nos estúdios da Rádio Tupi. (Foto: Agência Brasil)

O ex-governador Anthony Garotinho cometeu crime de corrupção eleitoral, pelo menos, 18 mil vezes, além de ter ameaçado 2 testemunhas do processo que investiga a compra de votos nas eleições de 2016 em Campos dos Goytacazes, no Norte do estado.

A constatação é do Tribunal Regional Eleitoral, que condenou o ex-governador a 9 anos e 11 meses de prisão domiciliar. Garotinho foi preso, nesta quarta-feira (13), enquanto apresentava um programa de rádio.

Segundo a denúncia, o ex-governador oferecia a famílias a inclusão no programa social Cheque Cidadão em troca de votos aos candidatos a vereador e prefeito apoiados pelo político do PR. O esquema causou prejuízo de R$ 11 milhões aos cofres públicos de Campos entre os meses de junho e agosto do ano passado.

A defesa de Anthony Garotinho nega as acusações e diz que vai recorrer da decisão.

Confira a nota da defesa do ex-governador na íntegra:

"A defesa do ex-governador Anthony Garotinho repudia os motivos apresentados para a prisão do ex-governador e entende que a decisão de mantê-lo preso em casa, em Campos, tem a intenção de privá-lo de seu trabalho na Rádio Tupi e em seus canais digitais e, com isso, evitar que ele continue denunciando políticos criminosos importantes, alguns deles que já foram até presos. A defesa nega as acusações imputadas a ele e informa que ele nunca nem foi acusado de roubo ou corrupção. O processo fala de suspeitas infundadas de compra de votos, o que por si só não justifica prisão. A defesa afirma que a prisão domiciliar, além de não ter base legal, causa danos à sua família já que o impede de exercer sua profissão de radialista e sustentar sua família. A defesa do ex-governador irá recorrer da decisão."

Ouça a reportagem no player.

Por Marcelly Setúbal, às 13/09/2017 - 11:06

NEWSLETTER
OU